MITSUBISHI

A história que começou no mar

Começando no ramo de transporte naval com três velhos barcos a vapor, a empresa se chamava Mitsukawa, do japonês “três rios”. Os três barcos passaram rapidamente a 30, tornando-se a maior companhia marítima do Japão. Em 1886, Yatora Iwasaki, seu fundador, decididiu mudar o nome para Mitsubishi. Após ampliar suas atividades para construção naval, exploração mineira, setor financeiro e indústria pesada, em 1917 a empresa começou a produzir automóveis, lançando o Model A, com carroceria totalmente de madeira. Hoje é a quinta maior montadora do Japão.

 

Inovações constantes

A marca se consolidou no mercado através de várias inovações, como o primeiro motor a diesel do Japão, o primeiro ônibus de porte grande, o primeiro veículo com tração nas quatro rodas selecionável e o primeiro com tração integral, esse solicitado pelo governo japonês para uso militar. Ainda criou o primeiro ônibus elétrico e o primeiro caminhão com suspensão a ar!

Também é muito tradicional em competições. Sob o controle da Ralliart, sua divisão de competições, participou pela primeira vez do rali Paris-Dakar em 1983 com um novo modelo, a Pajero. Em 25 anos da competição, ela venceu 12 vezes. Outra categoria importante para a marca é o WRC (Campeonato Mundial de Rali), rali de velocidade que a marca venceu 4 anos seguidos com o que se tornou o modelo da Mitsubishi favorito dos entusiastas, o Lancer Evolution.

 

Fabricação nacional

Primeiramente, importando a picape L200 em 1991, com alterações em relação ao modelo japonês que tinham como objetivo atingir um público que buscava status. E em 1998, lançando a L200 nacional, fabricada em Catalão-GO, com cabine dupla, motor a diesel e tração nas quatro 4 rodas.

Em 2006 lançou o primeiro veículo bicombustível 4x4 do mundo, a Pajero TR4 Flex Fuel (que já existia desde 2002, sem essa motorização), e hoje comercializa os modelos Lancer, ASX, Pajero Sport e L200 Triton (fabricados aqui), e importa os modelos Outlander e Pajero Full.

 

Ver outras marcas