MERCEDES-BENZ

História de uma alemã

A história da marca começa separadamente, com a criação do que é considerado o primeiro veículo movido à combustão interna da história, o Benz Patent-Motorwagen, pelo engenheiro Karl Benz, e com a instalação de um motor refrigerado a ar numa carruagem, pela dupla Gottlieb Daimler, engenheiro, e Wilhelm Maybach, projetista. Somente em 1926 as empresas de ambos se uniriam, formando a Daimler-Benz, mesmo ano em que começaram a ser produzidos os primeiros veículos Mercedes-Benz, nome esse escolhido em homenagem à filha de Emil Jellinek, um empreendedor austríaco que trabalhou para Gottlieb Daimler.


Tecnologia e estilo

A marca é conhecida e desejada mundialmente desde então, devido à reputação que criou para si mesma, de vitrine da tecnologia automotiva, inventando e incorporando itens e equipamentos nunca antes imaginados em automóveis. Por isso sempre foi a marca preferida de ditadores e autoridades, já que produz veículos robustos e confiáveis, sem deixar de lado elegância, luxo e conforto. Seu carro-chefe nesse quesito é o modelo 600 Grosser, que inovou com sistemas 100% hidráulicos, em vez de elétricos, e nunca teve um substituto. O carro-chefe atual é o Classe S, que, desde que surgiu na década de 1950, tem estreado a grande maioria de inovações da marca, e consequentemente, da indústria, no mercado automotivo.
Também teve muito sucesso em competições, sendo seu veículo mais famoso o 300 SL, popularmente conhecido como Asa de Gaivota, por as suas dobradiças de porta serem no teto, e também com a criação da sua divisão de competições e de versões esportivas, a AMG. Outro veículo marcante é o jipe Classe G, que fez tanto sucesso que a marca não viu a necessidade de atualizações profundas nele. Seu luxo e capacidade off-road permitem que ele venda bem até hoje, sendo basicamente o mesmo veículo desde 1979.

Sinônimo de status e luxo

A marca tem presença aqui desde 1953, produzindo veículos comerciais. Mas o primeiro veículo de passeio da marca foi o Classe A, no final da década de 1990. Em 2001 passou o produzir o bem sucedido Classe C, que hoje é produzido em Iracemópolis-SP, junto ao Classe GLA. Além desses, a marca importa quase todos seus veículos para o país, sendo uma marca sinônimo de status e luxo desde sempre.

Ver outras marcas