FORD

A história da pioneira

Fundada em 1903 por Henry Ford e mais 11 investidores, a Ford Motor Company foi a responsável por tornar o automóvel um bem de consumo alcançável para grande parte da população mundial. Graças ao desenvolvimento da revolucionária linha de montagem, a produção de veículos, que até então era “artesanal”, passou a ser um processo otimizado, permitindo assim uma considerável redução nos custos de montagem, o que foi refletido num preço acessível para o consumidor.

 

Ícone americano

Sem dúvida, o veículo mais marcante da montadora é o Model T. Considerado o primeiro “carro do povo”, chegou a deter 57% do mercado mundial de automóveis, impactando para sempre a indústria com seu método de produção e suas inovações mecânicas. A marca também é responsável pela picape F-150, veículo mais vendido dos EUA há 35 anos, pelo GT40, que venceu as 24 Horas de LeMans 4 anos seguidos sobre a dominante Ferrari, e claro, pelo Mustang, modelo mais emblemático da cultura americana.

 

A primeira a chegar

Foi a primeira montadora a se instalar oficialmente no país, em 1919, importando peças do Ford T para montá-lo aqui. Seu primeiro veículo 100% nacional foi o Galaxie, lançado em 1967. Em seguida vieram grandes sucessos, como o Corcel, desenvolvido em parceria com a Renault, e o Maverick, que era um dos carros mais desejados da década de 1970, pela sua esportividade. Em 1983 foi lançado o Escort, que estava na sua terceira geração na Europa, e em 1987 foi criada a Autolatina, uma joint-venture entre a Ford e a Volkswagen, que deu origem ao Verona e ao Versailles, clones de carros da Volkswagen, o que fez muito mal à imagem da marca. Hoje ela é a 5° marca em número de vendas no país, e seus principais veículos são o Ka, o Fiesta e o Focus, o hatch médio mais vendido aqui, e no resto do mundo também.

Ver outras marcas