CHEVROLET

História da americana

Quando William C. Durant, fundador da General Motors, decidiu deixar a empresa devido a divergências com investidores da empresa, ele se uniu a Louis Chevrolet, um piloto suíço, com o objetivo de produzir uma linha de automóveis populares. Então, em 1911, surgiu a Chevrolet Motor Company of Michigan. Em 1912 foi lançado o primeiro modelo, chamado Classic Six, oferecendo itens como motor de arranque e faróis elétricos, que eram incomuns até para veículos de luxo. Finalmente, em 1916, a empresa já havia feito sucesso suficiente para permitir que Durant comprasse a maioria das ações da General Motors, assumindo sua presidência e tornando a marca uma divisão da General Motors.

 

Modelos marcantes

O veículo mais antigo da marca ainda em produção é o Suburban, que sempre foi referência em carregar pessoas e bagagem. Outro nome importante para a marca é o Impala, um sedan grande que foi o automóvel mais vendido dos EUA na década de 1960, quando foi lançado.

Também tradicional nas categorias esportivas, a Chevrolet é responsável pelo Camaro, um dos muscle cars mais importantes da história, que era oferecido com um dos motores mais famosos e utilizados da história devido à sua confiabilidade e versatilidade de aplicações, o V8 350 “small block”, e pelo Corvette, que é a referência de carro esporte americano, brigando de igual para igual com os europeus, por uma fração do preço.

 

Opala. Chevette. E agora, outro ícone.

A GM chegou ao país em 1925, para montar veículos importados dos EUA, e em 1930 inaugurou a sua primeira fábrica, em São Caetano do Sul-SP. O primeiro veículo realmente nacional da marca, o caminhão Brasil, foi lançado em 1958, junto à picape 3100, para menores cargas.

Somente em 1964 foi lançado o primeiro veículo da marca Chevrolet, a Veraneio e em 1968 veio o famoso Opala, que foi comercializado durante 24 anos, e foi substituído pelo Omega. Outro ícone nacional é o Chevette, lançado em 1973 como veículo de entrada da marca, vendido até 1994, quando foi substituído pelo Corsa. Em 2012 ele foi sucedido pelo Onix, que hoje é o veículo mais vendido do Brasil.

 

Ver outras marcas